Minha geração tá em decadência. Status, balada, interesse e independência. Músicas inúteis, fúteis, sem inteligência. Através de dança, crianças perdem a inocência. Dançam com a mão no joelho, letras tem influência… Tira a mão do joelho e coloca na consciência.

Em meio a tanta falsidade e hipocrisia hoje em dia, quem é quem pra falar de alguém?

hefck
>